Explosão num barco em Bali. Quatro passageiros portugueses saíram ilesos

(Facebook)

Uma explosão num barco turístico, em Bali, terá provocado dois mortos e 20 feridos. Polícia de Bali falava em portugueses feridos, mas o governo diz que os quatro passageiros nacionais saíram ilesos.

Uma explosão num barco turístico em Bali, na Indonésia, terá provocado cerca de 20 feridos, entre eles turistas alemães, australianos, sul-coreanos e britânicos, adianta um representante da polícia de Bali.

Perante a informação de que existiam feridos de nacionalidade portuguesa, fonte oficial da secretaria de Estado das Comunidades veio entretanto esclarecer ao Observador que quatro passageiros portugueses saíram ilesos do acidente e regressaram já a Bali. A mesma fonte adianta que os portugueses estão “fragilizados” devido à dimensão da explosão. De acordo com declarações de um responsável da polícia ao jornal australiano Sidney Morning Herald, os quatro portugueses já foram ouvidos pelas autoridades.

Ainda há dúvidas sobre o número de mortos — serão um ou dois. E também sobre a sua nacionalidade — um dos mortos será indonésio e o outro, uma mulher, será holandesa ou alemã. Os 20 feridos foram já levados para hospitais. Um dos passeiros morreu devido a lesões na cabeça provocadas pelos destroços do barcos. A vítima é uma mulher que foi levada para a clínica Penta Medika. Ainda não está confirmada a nacionalidade, mas as autoridades suspeitam que será alemã.

O representante da polícia, Made Sudana, acrescentou que o acidente ocorreu fora da costa de Lombok, cinco minutos depois de desembarcar. A explosão ocorreu no motor pouco depois de o barco ter partido de Bali com destino às ilhas Gili, um destino muito procurado pelos turistas por causa dos recifes de coral.

As autoridades estão a investigar o acidente. O chefe da polícia do distrito de Karang Asem, Sugeng Sudardso, acrescentou à AFP que a explosão ocorreu depois de ter sido visto fumo a sair do motor. Um dos responsáveis da polícia adianta também, com base em testemunhos já ouvidos, que existia uma bateria em cima do tanque de combustível, onde teve origem a explosão.

O barco transportava 35 passageiros, todos turistas, e quatro membros da tripulação. (Observador)

por Cátia Rosa

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA