EUA: Delegação angolana com intensa actividade na ONU

Sede da ONU (Foto: Angop)

A Agenda de Desenvolvimento Sustentável 2030 e o conflito armado na Síria estiveram terça-feira (20) no foco das intervenções das delegações no início do debate geral da 71ª Sessão da Assembleia Geral da ONU, a decorrer até 26 deste mês, e na qual Angola participa com uma delegação chefiada pelo Vice-Presidente da República, Manuel Domingos Vicente.

Na abertura da sessão, o secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, ressaltou a importância de governos, empresas e sociedade civil construírem parcerias para um futuro sustentável, ao passo que, em relação à Síria, exortou os países e entidades com influência para se engajarem numa solução para o fim dos combates e o início de negociações de paz.

O Presidente dos Estados Unidos da América, Barack Obama, também apelou ao empenho de todos para que sejam alcançadas as metas do desenvolvimento sustentável, com vista a redução da pobreza no mundo. O seu homólogo russo, Vladimir Putin, ainda não discursou.

Quanto à Síria, Obama defendeu a continuidade dos esforços diplomáticos e o diálogo, considerando a única solução viável para a paz, e não a vitória militar.

O Vice-Presidente Manuel Vicente tem a sua intervenção no debate geral prevista para quinta-feira (21) desta semana. Na quarta-feira, participa no 2º Fórum de Negócios Estados Unidos da América/África, cujo foco será o aumento do comércio e do investimento e o desenvolvimento de oportunidades comerciais e de negócios entre as partes.

Ainda na quarta-feira, a delegação angolana participa na reunião de alto nível do Conselho de Segurança sobre a Síria, na sua capacidade de membro não-permanente deste órgão da ONU.

À margem do debate geral da Assembleia Geral, Manuel Vicente foi recebido terça-feira pelo Presidente da Eslováquia, Andrej Kiska, com quem abordou questões bilaterais e multilaterais.

A Eslováquia tem um candidato, Miroslav Lajcak, para o posto de Secretário-Geral da ONU, cujo processo de selecção no Conselho de Segurança se encontra na sua fase decisiva.

No mesmo dia, o governante angolano manteve um encontro de trabalho com a representante do SG da ONU para Crianças e Conflitos Armados, Leila Zerrougi, para análise de temas relacionados com a protecção de crianças vítimas de conflitos.

Por seu lado, o Ministro das Relações Exteriores, Georges Rebelo, também teve uma agenda preenchida com encontros bilaterais, no âmbito do reforço das relações diplomáticas e de cooperação. (Angop)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA