Cunene: Restos mortais do governador do Cunene vai enterrar hoje

Cunene:Restos mortais do governador do Cunene, António Didalelwa vai enterrar hoje(sábado). (Foto: José Cachiva)

Os restos mortais do governador da província do Cunene, António Didalelwa, falecido a 30 de Agosto deste ano, em Luanda, vítima de doença, vão ser sepultados hoje, sábado, no cemitério da povoação de Onameva, local onde nasceu.

Segundo o programa das exéquias fúnebres, chegado à Angop, antes do enterro acontece na manhã de hoje uma missa de corpo presente no Bispado de Ondjiva e de seguida um cortejo até o cemitério de Onameva, onde irá receber o último adeus dos familiares, governantes, políticos e população em geral.

Realçar que as mensagens de condolências continuam a chegar de todos os pontos do país e da diáspora, destacando a humildade, coragem e dedicação de António Didalelwa, na resolução dos problemas do povo do Cunene, enquanto governador dessa província.

A sua capacidade de compreensão, destaque académico e trato fácil na relação com as pessoas constam também dos elogios nas missivas de condolências vindas do secretariado nacional da Organização Mulher Angolana (OMA), Universidade Cuito-Cuanavale, União Igreja Evangélica (UIEA), Igreja de Nosso Senhor Jesus Cristo no Mundo (Tocoistas) e outras instituições políticas, económicas e sociais.

António Didalelwa, nascido ao 23 de Março de 1955, é natural da aldeia de Ondukusu, município de Cuanhama (Cunene). Deixa a viúva e sete filhos.

Até a sua nomeação como governador provincial do Cunene, em 2008, era então o vice-reitor da Universidade Agostinho Neto, para a região Sul.

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA