Cunene busca investimento privado para potenciar turismo

Parte Frontal do complexo turístico e cultural do Oihole (Foto: Antonio Escrivao)

Uma maior aposta do investidor privado no sector turístico no Cunene deve ser visto como solução, para potenciar o crescimento da actividade turístico-hoteleira na região.

Segundo o responsável interino do departamento de hotelaria e turismo no Cunene, Calmindo Napoleão, as áreas turísticas/naturais na região são pouco aproveitadas, fruto da fraca capacidade financeira dos operadores do ramo.

Em declarações à Angop, sobre o dia Mundial do Turismo, que se assinala hoje (27), considerou a actividade turística importante catalisadora de receitas para o Estado.

Disse que a região regista, predominantemente, um turismo de negócio, alimentada pela proximidade com geográfica com a República da Namíbia.

Destacou entre os pontos de maior realce turístico na região, o curso do rio Cunene, o complexo turístico de Oihole, os monumentos do Mufilo, Forte Roçada e do Val do Pembe.

Quanto às infra-estruturas de apoio hoteleiro e similar, disse que o empresariado privado tem dado grande contributo, pois a província já dispõe de 221 estabelecimentos hoteleiros e similares.

O Dia Mundial do Turismo, foi instituído em 1980 pela Organização Mundial do Turismo (OMT), com objectivo de promover o conhecimento da comunidade internacional sobre a importância do turismo e seus valores. (Angop)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA