“Cuba connection” aquece campanha presidencial dos EUA (vídeo)

(Euronews)

A campanha para a presidência dos Estados Unidos aquece com Cuba no centro das atenções.

A revista Newsweek publicou um artigo onde afirma que o candidato republicano, Donald Trump, violou o embargo comercial norte-americano à ilha.

Uma informação aproveitada pela pretendente democrata, Hillary Clinton.

“Hoje ficámos a saber sobre os esforços de Trump para fazer negócios em Cuba, o que parece violar a lei dos Estados Unidos, certamente despreza a política externa americana. E ele constantemente enganou as pessoas a responder às questões sobre se estava a tentar fazer negócios em Cuba”, declarou a antiga primeira-dama.

De acordo com a Newsweek, Donald Trump pagou uma fatura de consultores externos que se deslocaram a Cuba em 1998 para conseguir uma posição vantajosa na área dos casinos caso o embargo fosse levantado. Na altura, qualquer movimentação corporativa era proibida. (Euronews)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA