Cuanza Norte: Aluna da Escola Missionária vence concurso recitar de poesia

Suzana Canga, vencedora do concurso e recitar de poesi (Foto: Estevão Manuel)

A aluna da 7ª Classe da Escola Missionária Santa Catarina de Sena, Suzana João Canga, de 14 anos de idade, venceu sexta-feira, nesta cidade, a primeira fase da 1ª edição do concurso inter-escolar de recitar de poesia de Agostinho Neto, ao declamar “Mãe negra”.

O concurso, decorrido numa das salas da casa da juventude, em Ndalatando, numa iniciativa do secretariado provincial da JMPLA, contou com a participação de 200 alunos de sete escolas do I ciclo de Ndalatando, que recitaram diversas poesias do “poeta maior”.

O júri classificou igualmente em segundo lugar, a aluna Ludvânia Augusto Manuel, da escola especial, enquanto Gelson Mbange Lopes, da escola nº 20, sagrou-se na terceira posição.

O júri teve como critérios de selecção a voz, a atitude, a exploração do palco, a forma de apresentação, entre outros.

Em declarações à Angop, Suzana João Canga referiu que não foi fácil e nem acreditava que fosse vencer o concurso, mas a dedicação, a força de vontade fizeram com que participasse no evento.

“Nunca pensei em chegar a este nível por isso dou graças a Deus e com ele tudo é possível, tive ajuda do meu irmão, dos colegas e principalmente do meu professor. Não foi fácil visto que os meus colegas também souberam mostrar aquilo que sabem, espero continuar e no futuro ser uma poetisa”, concluiu.

O primeiro secretário da JMPLA no Cuanza Norte, Sisto Diogo Bunga, referiu que o concurso que abrangerá igualmente às escolas do II nível de Ndalatando, tem por objectivo a descoberta de novos valores e talentos na poesia, despertar nos alunos o gosto pela literatura e incentivar o sucesso escolar e mérito estudantil.

Adiantou que numa primeira fase, o evento foi reservado para as instituições escolares de Ndalatando, e nas próximas edições será alargada aos demais municípios da província.

Os vencedores serão agraciados com materiais escolares como livros, mochilas, cadernos, esferográficas, entre outros. (Angop)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA