Cabinda: Autoridades analisam estratégias para maior segurança da população

Comissário - Eusébio Domingos e Costa - Comandante da Policia e Delegado do Minint em Cabinda (Foto: Pedro João)

Membros dos conselhos consultivos da delegação do Minint e do comando provincial da Polícia Nacional estiveram reunidos quarta-feira, nesta cidade, com o objectivo de analisar e discutir os procedimentos para a implementação do policiamento de proximidade.

Sob orientação do delegado do Minint e comandante provincial da polícia, comissário Eusébio Domingos e Costa, o encontro analisou a estratégia de implementação da Directiva do Comando Geral da Polícia Nacional sobre o Policiamento de Proximidade, Caderno de Expediente Actualizado, bem como o Formulários e Princípios a observar no uso de meios coercivos.

Foram ainda discutidos temas como serviço de patrulha (generalidade), cartilha de piquete policial, estratégias de implementação de patrulha a bicicleta, esquadras da polícia, postos de controlo, estratégias sobre a prevenção e combate dos crimes de violência doméstica, sexual e estupro de menores, assim como a metodologia sobre atendimento e apoio à vítima.

O porta-voz do comando provincial, superintendente-chefe José da Mónica “Felé”, disse que são medidas que vão reforçar o trabalho policial na prevenção e combate aos vários crimes que ocorrem em vários pontos da província, com destaque para a periferia (bairros).

Salientou também que a criminalidade na província tende a diminuir com o aumento das patrulhas e a presença de agentes da ordem nos locais de maior concentração de pessoas e bens, como nos bairros onde se apontam sinais de maior incidência de crimes.

Os furtos e roubos são os crimes mais frequentes que se têm registado praticados por cidadãos nacionais, enquanto que os crimes violentos como homicídios a mão armada e roubos e furtos com armas de fogo são na sua maioria protagonizados por cidadãos estrangeiros da RDC. (Angop)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA