Brexit leva a um aumento da procura por consultores

(Reuters)

A decisão do Reino Unido de sair da União Europeia levou a aumento da procura por consultores. A incerteza quanto o futuro do Reino Unido leva as empresas a procurarem a ajuda destes especialistas.

O referendo à permanência do Reino Unido na União Europeia realizou-se a 23 de Junho. Mais de três meses depois, Londres ainda não accionou o Artigo 50 do Tratado de Lisboa para que possa deixar o bloco europeu. Porém, a incerteza quanto ao futuro do Reino Unido está a levar as empresas a procurarem os serviços de consultores.

Os dados do motor de busca de emprego Adzuna, citados pela Bloomberg, mostram que as vagas para consultores empresariais subiram 5% em Agosto. Face ao mesmo período do ano passado, o número de vagas cresceu 10%. Os salários, em média, registaram um aumento de 9% em termos anuais para um total de cerca de 48 mil libras (mais de 55 mil euros no câmbio actual).

Doug Monro, co-fundador desta plataforma, em declarações à agência de informação, assinalou que “num ambiente de incerteza, as empresas olham para os especialistas com as qualificações mais elevadas sem terem de carregar o fardo da expansão dos custos salariais”. “Os consultores estão também a ajudá-los a desmistificar as consequências para os negócios da votação”, acrescentou.

Algo que se verifica também no Reino Unido é que profissionais de outros sectores, como as relações públicas, estão a registar aumentos salariais dado que os empregadores preferem que os projectos sejam desenvolvidos ao nível externo em vez de terem uma equipa interna para o efeito. (Negocios)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA