Bengo: Governo mantém aposta na construção de salas de aulas

salas de aulas .( Foto: Angop)

O governo continuará a construir mais escolas e salas de aulas no município do Pango Aluquém, província do Bengo, com vista a inserir mais crianças no sistema normal de ensino, informou, sexta-feira, o administrador municipal, Sebastião José Falo.

Em declarações à Angop, no término da primeira jornada pedagógica que decorreu sob lema “pais e encarregados de educação, juntos rumo a uma educação integral”, o respomsável acrescentou que constitui objectivo do Governo melhorar as condições para que os alunos possam absorver conhecimentos condignamente.

Sublinhou que a jornada pedagógica da educação é o caminho certo para a promoção da qualidade do processo de ensino e aprendizagem no município do Pango Aluquém.

Sustentou que para o sucesso desta empreitada, o sector da educação sozinho não conseguirá atiíngir as metas preconizadas, pelo que considera ser preciso a força conjunta entre professores, alunos, funcionários, encarregados de educação e a sociedade em geral.

Fez saber que as ideias e as contribuições saídas neste encontro devem contribuir positivamente no crescimento da educação e no melhoramento do processo de transmissão de conhecimentos.

“Qualquer país desenvolve graças aos recursos humanos e o município do Pango Aluquém não foge a regra”, citou.

A primeira jornada pedagógica no município do Pango Aluquém debruçou ainda sobre temas como “Envolvimento dos pais e encarregados de educação no processo educativo”, “Educação como garante da sobrevivência humana” e o “Papel do professor na construção do homem novo”.

Participaram na primeira jornada pedagógica professores, encarregados de educação, directores de escolas e autoridades tradicionais.

A rede escolar do Pango Aluquém está composta por 14 escolas, das quais oito do ensino primário, quatro do primeiro ciclo do ensino secundário e uma do segundo ciclo, sendo as aulas asseguradas por 200 docentes. (Angop)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA