Barco com migrantes encalhou na Guiné-Bissau

Arquipélago dos Bijagós, Guiné-Bissau (Dietmar Pabe)

Pelo menos 36 cidadãos da Guiné-Conacri e do Gana encontram-se retidos pelas autoridades do Instituto Marítimo Portuário na Zona Insular da Guiné-Bissau. Os migrantes tinham embarcado numa piroga, no Gana, alegadamente com destino à Europa, mas encalharam num banco de areia no arquipélago dos Bijagós.

Ao todo são 36 migrantes clandestinos, 27 guineenses de Conacri e 9 ganeses. Depois de terem encalhado na Ilha de Bubaque, no sul da Guiné-Bissau, após três dias de viagem, estão aparentemente bem de saúde, de acordo com o Capitão dos Portos da Guiné. (RFI)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA