Angolano anuncia candidatura à presidência do APC

Leonel Pinto vai recandidatar-se à presidência do órgão africano (Foto: Marcelino Camões)

O presidente do Comité Paralímpico Africano (APC – sigla em inglês), o angolano Leonel da Rocha Pinto, irá recandidatar-se para mais um mandato à frente da organização continental.

Este facto foi anunciado durante a Assembleia Ordinária do APC realizada dia 14 à margem dos XV Jogos Paralímpicos que terminam neste domingo (18) no Rio de Janeiro.

No fórum, em que estiveram representantes de 32 dos 44 países que participam no evento do Brasil, decidiu-se pela realização da Assembleia Eleitoral em Fevereiro de 2017, altura em que será feita a formalização da intenção do também presidente do Comité Paralímpico Angolano (CPA).

Numa candidatura em aberto, Luanda, a capital de Angola, surgiu como principal palco do conclave por ausência de outro estado interessado.

A reunião do Rio de Janeiro abordou pontos como: comunicação, Jogos Africanos, competições regionais, jogos paralímpicos, além de relatos sobre as experiências de membros de Comités Paralímpicos Nacionais com resultados devido ao apoio dos respectivos Governos.

Leonel da Rocha Pinto foi eleito em 2010 para o cargo em substituição do egípcio Nabil Salem. Entre as suas acções refira-se a melhoria da comunicação entre os membros, aproximação com os Governos e com instituições internacionais como Conselho Superior dos Desportos em África (CSSA) e UNESCO.

Ainda a transferência da sede do órgão do Cairo (Egipto) para Luanda (Angola), bem como conversações com os Governos para a ratificação e cumprimento do estipulado na Convenção das Nações Unidas que reconhece a dignidade e o valor inerentes e os direitos iguais e inalienáveis de todos os membros da família humana como o fundamento da liberdade, da justiça e da paz no mundo.

O Comité Paralímpico Africano foi fundado em 1987 na Argélia com a designação de Confederação Africana de Desportos Para Deficientes (ASCOD). (Angop)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA