Alemanha: Segurança reforçada em templos muçulmanos após ataques bombistas em Dresden

(Euronews)

A polícia alemã reforçou a segurança nos cinco locais de culto muçulmano em Dresden, após os ataques com bombas artesanais que visaram uma mesquita e um centro de congressos durante a noite, sem provocar vítimas.

As autoridades afirmam estar a analisar todas as pistas, incluindo a possibilidade de um ataque xenófobo.

Os dois ataques foram levadas a cabo com engenhos explosivos artesanais colados às portas dos edifícios. No interior da mesquita Fatih, visada por uma das deflagrações, encontrava-se o imã, a mulher e as duas filhas, que saíram ilesos apesar da intensidade da explosão.

O ministro do Interior, Thomas De Maiziére evocou o tema durante a conferência germano-islâmica, em Berlim:

“As agressões, incluindo aquelas contra fiéis muçulmanos na Alemanha, estão a aumentar, é por isso ainda mais alarmante que um ataque com explosivos tenha visado ontem uma mesquita em Dresden e um centro de congressos, apenas um dia antes do décimo aniversário da criação da conferência germano-islâmica”.

As autoridades encontram-se em alerta quando Dresden vai acolher as cerimónias do 26o aniversário da reunificação alemã na segunda-feira.

A cidade é também o bastião do movimento anti-Islão Peguida. Um relatório entregue ao governo na semana passada, alertava para o possível aumento da violência racista face ao debate criado pela crise dos refugiados. (Euronews)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA