Activistas angolanos dizem que foram agredidos

Policia Nacional de Angola (RNA)

A polícia angolana deteve hoje durante algumas horas oito activistas em frente a uma prisão na capital.

Os activistas tentavam visitar Francisco Gomes Mapanda, que se encontra a cumprir uma pena de prisão por desrespeito para o tribunal que julgava 17 activistas entre os quais estão muitos dos que foram hoje detidos.

Mapanda foi preso depois de ter interrompido a leitura da sentença dos 17 activistas descrevendo o julgamento como “uma palhaçada”.

Os activistas hoje detidos disseram ter sido agredidos pela polícia chamada ao local.

Depois de transportados ao Comando geral de Viana foram libertados. (VOA)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA