Washington protesta contra ofensas do presidente das Filipinas ao embaixador dos EUA

( Sputnik)

O governo dos EUA exigiu esclarecimentos das Filipinas, após ofensas proferidas pelo presidente do país, Rodrigo Duterte, ao embaixador norte-americano em Manila, Philip Goldberg, informou nesta segunda-feira a porta-voz do Departamento de Estado dos Estados Unidos, Elizabeth Trudeau.

Segundo informações divulgadas pela imprensa, Duterte acusou Goldberg de interferência nos assuntos internos das Filipinas e, em seguida, se referiu ao diplomata com uma série de frases ofensivas.

Trudeau disse que em Washington “essas palavras sobre Goldberg foram percebidas” disse que as ofensas foram “inadmissíveis”. “Solicitamos ao (encarregado de negócios das Filipinas nos EUA) Patrick Chuasoto uma visita ao departamento de Estado para esclarecer essas declarações”, disse a diplomata norte-americana.

Trudeau não revelou os detalhes da conversa com o representante de Manila, mas confirmou que o encontro aconteceu nesta segunda-feira.

A porta-voz do departamento de Estado dos EUA também manifestou preocupação com as prisões de membros do governo nas Filipinas, acusados de envolvimento em tráfico de drogas. “Estamos preocupados com as detenções e as mortes de pessoas suspeitas em envolvimento no tráfico de drogas nas Filipinas”, disse Trudeau. Ela pediu esforços do governo do país de modo a “garantir o cumprimento da legalidade, em conformidade com o compromisso de respeito aos direitos humanos”. (SPUTNIK)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA