Serviço de bombeiros resgata 40 pessoas presas em elevadores no Kilamba e Sequele

Faustino Minguês - Porta-voz do comando provincial dos Bombeiros (Foto: Rosario dos Santos)

As quarenta pessoas que ficaram presas nos elevadores das Centralidades do Kilamba e Sequele, devido a um corte de energia eléctrica, foram resgatadas, terça-feira, por efectivos do comando de Luanda do Serviço Nacional de Protecção Civil e Bombeiros (SNPCB).

O porta-voz dos bombeiros, Faustino Minguês, disse hoje, quarta-feira, à Angop, que foram realizados 13 desencravamentos e a principal causa da paralisação dos elevadores esta relacionada com o corte de energia eléctrica ocorrido das 11.40 da manhã até aproximadamente as 18 horas, em grande parte da cidade capital.

“Os desencravamentos foram feitos com eficácia, em diferentes blocos das duas centralidades, onde as nossas forças utilizaram material e técnicas modernas para abertura das portas dos elevadores”, explicou

Entre as ocorrências destacou, igualmente, o resgate de um homem de 49 anos, do interior de um tanque subterrâneo com água, no distrito urbano do Kilamba-Kiaxi e a abertura da porta de um apartamento no Kilamba.

Os bombeiros foram ainda chamados para limpar dois derrames de combustível, na via pública, causado pelo mau estado técnico de duas viaturas nos distritos da Maianga e Sambizanga, em Luanda.

De acordo com o responsável, aos serviços pré-hospitalares realizaram a evacuação de nove cidadãos a partir da via pública nos municípios de Cacuaco, Luanda, Icolo e Bengo e Belas, vítimas de várias patologias, para unidades hospitalares públicas e privadas.

Quanto aos incêndios, afirmou que foram registados cinco casos provocados por curto-circuito, tendo afectado os sectores de energia, transporte e comércio nos municípios de Cacuaco, Viana e Luanda (Maianga e Ingombota). (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA