São Tomé e Príncipe: 29 milhões de dólares para energias renováveis

Praia de São Tom (Flickr)

Banco Mundial e Banco Europeu disponibilizam 29 milhões de dólares, para diversificar as fontes de energia renováveis e melhorar o sistema de fornecimento de electricidade à população santomense.

As fontes renováveis de energia e o fornecimento de electricidade serão melhorados em São Tomé e Príncipe, através do financiamento de 29 milhões de dólares, sendo 16 do Banco Mundial e 13 do Banco Europeu de Investimento.

Um acordo foi assinado neste sentido esta segunda feira (22/08) pelo Ministro santomense das finanças, Américo Ramos e Clara Sousa, representante do Banco Mundial para o arquipélago que afirmou “este projecto contribui para que São Tomé possa caminhar em direcção aos seus objectivos de desenvolvimento sustentável e adaptação às questões que são levantadas pelas mudanças climatéricas”.

Os principais beneficiários do projecto incluirão 90 mil consumidores da rede da empresa de água electricidade EMAE, que irão beneficiar do aumento no fornecimento de energia e de melhor fiabilidade, designadamente através da reabilitação da central hidroeléctrica do Rio Contador e da instalação de contadores. (RFI)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA