Rio2016: Filipe Cruz sublinha pontos-chaves da vitória sobre Roménia

Filipe Cruz - Seleccionador nacional de andebol feminino (Foto: Geraldo Quiala)

O seleccionador nacional de andebol sénior feminino, Filipe Cruz, afirmou depois da vitória sobre a Roménia, por 23-19, que o segredo esteve na organização defensiva e concentração, receita que pretende repetir no jogo de segunda-feira diante de Montenegro, para a segunda jornada do Torneio Olímpico, Rio2016.

Para Filipe Cruz, sofrer 19 pontos revela excelente trabalho da concentração defensiva e refere que as atletas cumpriram as orientações, pois sabiam que a única possibilidade que havia para derrotar a Roménia seria organizar-se melhor, ter atitude e foco.

“Penso que as atletas cumpriram, porque a meta quando não se sofre 20 golos já é muito positivo. Depois esteve também na excelente exibição da nossa guarda-redes. A baliza tem sido o elo dos mais fracos, nas nossas selecções e hoje a Teresa Almeida esteve ao nível do jogo. Essas duas vertentes foram a chave do nosso sucesso”, admitiu.

Lembrou que o teste frente à Rússia serviu para montar a equipa deste sábado, realçando que era necessário trabalhar com a estrutura mental das jogadoras e escalar as melhores, embora não descure as que ficam no banco.

“Porque quando conseguimos fazer as substituições, as jogadoras que entraram conseguiram manter, pelo menos, e não comprometeram. Esse também era problema que nós temos. Quando mexemos na equipa, ela vem abaixo. Não conseguíamos manter. Acredito que a equipa está num bom caminho. O que fizemos aqui também vem dar níveis de confiança à equipa, para encararmos este torneio com optimismo”, concluiu Filipe Cruz. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA