Rapper americano Freddie Gibbs é libertado sob fiança na Áustria

(AFP)

O rapper americano Freddie Gibbs, extraditado no final de Julho para a Áustria acusado de estupro, foi libertado sob fiança após a requalificação do crime de estupro para “agressão sexual”, anunciou nesta quinta-feira o tribunal de Viena.

O rapper de 34 anos, que pagou uma fiança de 50.000 euros, se comprometeu a não abandonar o território austríaco e a se manter à disposição da justiça, indicou uma porta-voz, Christina Salzborn.

Freddie Gibbs e um de seus guarda-costas foram acusados de estupro por fãs que foram com eles para o hotel depois de um show em Viena no dia 6 de Julho de 2015. O cantor sempre negou essa acusação.

A promotoria austríaca requalificou na quarta-feira o crime de estupro para “agressão sexual”, devido a ausência de provas. As acusações de uma das denunciantes contra o músico não foram retidas.

O artista, objecto de uma ordem de prisão europeia, foi detido em 2 de Junho em França, onde realizava uma turnê. Ele foi extraditado no final de Julho para a Áustria.

“Não existe nenhuma prova objectiva de que Freddie Gibbs tenha tido relações sexuais com esta mulher”, declarou o advogado austríaco do cantor, Thomas Kralik, à agência APA. (AFP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA