Portugal tenta hoje financiar-se até 1.000 milhões

Dinheiro. (Foto: Reuters)

Dois leilões de Bilhetes do Tesouro, a três e 11 meses, em mais uma iniciativa da Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública.

Portugal volta esta quarta-feira ao mercado para arrecadar até 1.000 milhões de euros através de dois leilões de Bilhetes de Tesouro, a três e 11 meses.

A Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública (IGCP) já indicou que as emissões de dívida de curo prazo se realizam pelas 10:30.

Têm maturidades em 18 de Novembro de 2016 e 21 de Julho de 2017, com um montante indicativo global entre 750 milhões de euros e 1.000 milhões de euros.

No último leilão do género, a três meses, que se realizou em Junho, o IGCP colocou 245 milhões de euros a uma taxa de juro média de 0,075%. No último a 11 meses, que ocorreu na mesma data, foram emitidos 755 milhões de euros, a uma taxa de 0,146%. (TVI24)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA