Passagem da CASA-CE a partido vai dominar congresso

Logótipo CASA-CE (casanoticias.blogspot.fr)

A transformação da Convergência Ampla de Salvação de Angola – Coligação Eleitoral (CASA-CE) em partido político vai dominar o II Congresso da formação política, a realizar de seis a oito de Setembro deste ano, em Luanda, segundo deu a conhecer a organização.

De acordo com um dos vice-presidentes da CASA-CE, Manuel Fernandes, o congresso vai decorrer sob o lema “Uma Angola para todos” e contará com a participação de 850 delegados.

Para o evento foram convidadas 187 individualidades nacionais e estrangeiras, entre representantes de partidos políticos angolanos e organizações políticas amigas de Portugal, Moçambique, África do Sul, RDC, Cabo Verde e São Tomé e Príncipe.

Informou que o primeiro dia de congresso será dedicado à eleição do presidente e dos vice-presidentes.

Refere que a agenda prevê, de seguida, debates em painéis que vão abordar a revisão dos estatutos, a transformação da coligação em partido político e as grandes linhas de teses da estratégia eleitoral.

Ladeado por membros do conselho presidencial, Manuel Fernandes garantiu estarem criadas as condições logísticas e de segurança para a realização do conclave.

Respondendo aos jornalistas, o político disse esperar que no congresso prevê-se a passagem da coligação em partido.

Informou que, dos quatro partidos que compõe a coligação, apenas um, o PADA, considera não ser oportuna a transformação.

Fundada a 5 de Janeiro de 2012, a CASA-CE é uma coligação dos partidos Aliança Livre de Maioria Angolana (PALMA), de Apoio para Democracia e Desenvolvimento de Angola – Aliança Patriótica (PADDA-AP), Partido Pacífico Angolano (PPA) e Partido Nacional de Salvação de Angola (PNSA). (Angop)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA