Parques de Sintra receberam mais de um milhão de visitantes na primeira metade de 2016

O número de visitantes aos Parques de Sintra aumentou 14% nos primeiros seis meses de 2016 (Vacations Map)

O Palácio da Pena é o monumento mais visitado dos Parques de Sintra. A empresa responsável pela gestão dos espaços espera receber mais de dois milhões e meio de visitantes até ao fim do ano.

Mais de um milhão de turistas passaram pelos Parques de Sintra no primeiro semestre do ano. Trata-se de um aumento de 14% em relação ao mesmo período de 2015, escreve esta quinta-feira o jornal Público. O local mais procurado é o Palácio da Pena, que foi visitado por 529 mil pessoas nos primeiros seis meses do ano.

Os sete parques, geridos pela Parques de Sintra — Monte Lua, receberam um milhão e 85 mil visitantes. Em 2015, tinham recebido 955 mil. Para o presidente do Conselho de Administração da Parques de Sintra, Manuel Baptista, “o aumento do número de visitas reflete a capacidade da Parques de Sintra na recuperação e manutenção do património sob gestão da empresa, assim como um investimento cada vez maior numa programação cultural de excelência”.

A seguir ao Palácio da Pena, o Palácio Nacional de Sintra foi o segundo monumento mais visitado, com mais de 250 mil turistas e um aumento de 12% no número de visitantes. Todos os monumentos geridos pela empresa tiveram crescimentos no número de visitas exceto a Casa do Regalo, que foi visitada por 7 mil pessoas no primeiro semestre deste ano. Nos primeiros meses de 2015, ano em que foi aberta ao público, tinha sido visitada por 9 mil.

Ao Público, Susana Quaresma, responsável pela comunicação da Parques de Sintra, disse que a empresa espera “ultrapassar a meta dos 2,5 milhões de visitantes anuais este ano”. O número total em 2015 foi de dois milhões — 87% de estrangeiros e 13% de portugueses. Já o presidente, Manuel Baptista, explica que “em 2016, o objetivo é continuar a crescer de forma sustentada, atraindo cada vez mais visitantes, nacionais e internacionais”.

Como lembra o jornal, este crescimento surge numa altura em que a atividade turística em Portugal está em expansão. Dados do Instituto Nacional de Estatística revelam que nos primeiros meses do ano houve um aumento de 10,8% no número de hóspedes alojados no país. (OBSERVADOR)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA