Oficiais da CABACC promovidos a generais

Tanques de guerra no Cuito Cuanavale (Foto: António Escrivão)

Nove oficiais generais afectos à Associação Clube dos Combatentes e Amigos da Batalha do Cuito Cunavale (CACBACC) foram promovidos recentemente para organizarem o processo de ingresso dos filiados desta agremiação na Caixa Social das Forças Armadas, apurou hoje a Angop.

De acordo com fonte da associação, dois oficiais ostentam agora a patente de general, cinco de tenente general e três de brigadeiro, cuja promoção foi efectuada ao abrigo do indulto concedido aos heróis de vivos da Batalha do Cuito Cunavale pelo Presidente da República, José Eduardo dos Santos.

A promoção apenas ocorreu agora por haver necessidade de os ex-combatentes estarem organizados numa associação, criada a 18 de Janeiro de 2016.

Uma nota de imprensa refere que o indulto presidencial aos heróis vivos da Batalha do Cuito Cunavale visa facilitar as promoções e consequente encaminhamento e inscrição na Caixa de Segurança Social das Forças Armadas Angolanas (FAA) daqueles que não estavam inseridos, apelado aos mesmos para que se organizassem e procurassem defender melhor os seus interesses.

“No estrito cumprimento desta ordem superior, os heróis vivos da Batalha do Cuito Cunavale resolveram organizar-se, criando uma associação que pudesse velar pelos seus direitos e mesmos interesses. Para tal observaram todo o ritualismo imposto pela lei, criando, por conseguinte, o CACBACC”, lê-se na nota.

A Caixa de Segurança Social das Forças Armadas Angolanas foi criada pelo Governo Angolano como um apêndice do Sistema de Segurança Social, com o propósito da protecção social dos militares, nos termos definidos no campo de aplicação pessoal e material do Decreto-Lei 16/94, principalmente aqueles que, por força dos acordos de paz, foram dispensados do serviço militar no activo. (ANGOP)

DEIXE UMA RESPOSTA