Nova vaga de manifestações no Brasil

(RUTERS)

Milhares de brasileiros saíram às ruas em protesto no domingo contra o presidente em exercício Michel Temer, contra a presidente afastada Dilma Rousseff e contra a corrupção.

Os manifestantes realizaram os atos em 20 estados e no Distrito Federal. Os protestos foram convocados por movimentos sociais e sindicatos. Além de críticas aos governantes, muitos declararam apoio a reivindicações específicas, como as investigações da Lava Jato e o fim da corrupção, como explica Kátia Pegos, uma das coordenadoras do movimento Vem Pra Rua.

“Começamos agora um novo ciclo, permanente de conscientização da população sobre o estrago que é um voto errado, pois temos eleições municipais em Outubro. Partidos que apoiam corruptos e que tem em seu quadro aqueles políticos envolvidos em atos ilegais precisam ser punidos com a falta de voto. Queremos apoiar também a Operação Lava Jato que está sendo atacada de todas as formas possíveis. Entendemos que ela é a nossa garantia de ter realmente nosso país de volta livre dessa organização criminosa que se instalou no poder”, disse.

Muitas famílias também saíram às ruas. O corretor de imóveis, Marcos Flores, se diz presente em todos os atos contra a corrupção no Brasil.

“Vim em todos os movimentos que tiveram contra a corrupção, contra a Dilma e contra o PT. Infelizmente o povo ajudou colocá-los no poder”, enfatizou.

O hino nacional foi cantado repetidas vezes durante o ato, que teve também diversas músicas, faixas e bonecos cobrando a prisão do ex-presidente Lula. (VOA)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA