Moção do líder marca segundo dia de trabalho do VII congresso do MPLA

Moção do líder destaque do segundo dia de trabalho do VII congresso do MPLA (Foto: Francisco Miudo)

A apresentação da Moção de Estratégia do Candidato a líder do MPLA marca, hoje, quinta-feira, o segundo dia dos trabalhos do VII congresso ordinário deste partido que teve início quarta-feira no Centro de Conferência de Belas, em Luanda.

A Moção de Estratégia do Candidato é um documento que define o rumo a seguir pelo MPLA para realizar os anseios dos angolanos.

A comissão de Moção de Estratégia do Candidato a líder do MPLA é coordenada pelo seu presidente, José Eduardo dos Santos.

Ainda hoje, reúne-se a comissão do relatório do Comité Central para analisar as propostas de ajustamento aos estatutos do MPLA, orientada pelo seu vice-presidente, Roberto de Almeida.

No fim do dia, realizar-se-á uma plenária para aprovação dos relatórios das comissões de trabalho.

Até sábado, dia 20, os delegados vão dedicar atenção aos desafios dos próximos tempos, com ênfase ao Plano Nacional de Desenvolvimento de médio prazo (2013/2017) e de longo prazo (Angola 2025).

Os delegados, em representação de todos os militantes do MPLA em Angola e no estrangeiro, vão debruçar-se acerca de uma agenda de trabalhos de cinco pontos, com destaque para a análise, discussão e aprovação do relatório do comité central cessante referente ao período 2009/2016

O processo eleitoral, com a escolha do presidente do MPLA e dos membros do comité central, assim como a análise, discussão e aprovação dos documentos finais (resolução geral e moções) constam da agenda do congresso.

Na abertura das actividades do VII Congresso Ordinário do MPLA, participaram dois mil 530 delegados. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA