Míssil balístico da Coreia do Norte atinge zona de identificação da defesa aérea do Japão

(KCNA)

O míssil balístico lançado hoje (24) pela Coreia do Norte a partir de um submarino no mar do Japão caiu zona de identificação da defesa aérea japonesa, informou o canal de televisão NHK, citando fontes militares sul-coreanas.

As autoridades do Japão, no entanto, não acusaram recebimento de informações sobre possíveis danos a suas estruturas aéreas ou marítimas.

Anteriormente, fontes militares haviam informado que o míssil percorreu cerca de 500 km antes de cair mar. O lançamento aconteceu perto de uma cidade portuária na província Sinpo Hamgyong-do, perto de Seoul, às 5:30h pelo horário local.

Especialistas sul-coreanos e japoneses acreditam que o lançamento foi feito em resposta aos exercícios militares conjuntos da Coreia do Sul e dos EUA, iniciados na segunda-feira (22).

O último lançamento do género foi feito por Pyongyang em 9 de Julho. Apesar de o míssil ter explodido no ar, a uma altitude de 10 mil metros, e de o lançamento ter sido avaliado como mal-sucedido, especialistas destacaram progresso com relação a lançamentos mais recentes, feitos em Dezembro e Abril.

Dessa vez, a passagem do míssil da água para a superfície foi considerada bem-sucedida. Especialistas destacam que o programa norte-coreano encontra-se actualmente em fase de testes de voo, antes de passar para a fase de precisão e destruição de alvos.

Acredita-se que a Coreia do Norte será capaz de realizar ataques plenos com mísseis balísticos no decorrer dos próximos 3 anos. (SPUTNIK)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA