Ministro das Relações Exteriores viaja para Swazilândia

Georges Chikoti - Ministro das Relações Exteriores (Foto: Pedro Parente)

O ministro angolano das Relações Exteriores, Georges Rebelo Pinto Chicoti, deslocou-se, nesta quarta-feira, a cidade de Mbambane (Swazilândia), para participar da 36ª Cimeira de Chefes de Estado e de Governo da Conferência de Desenvolvimento da África Austral (SADC), que este reino acolhe entre 30 e 31 do corrente mês.

No Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro, o governante disse à Angop que o encontro vai cuidar de várias questões ligadas ao desenvolvimento da região mais a sul do continente, sobretudo da sua industrialização.

“Vai abordar ainda a situação de paz e segurança, a eleição do novo presidente da União Africana e as contribuições monetárias dos seus membros, entre outros assuntos”, referiu.

Com o lema “Mobilização de Recursos para Investimentos em Infra-Estrutura de Energia Sustentável para industrialização e Prosperidade”, a reunião servirá mais uma vez para relançar o desenvolvimento e o crescimento económico, no sentido de melhorar a qualidade de vida da população da região.

No encontro de Mbambane, o Rei Mswati III da Suazilândia, atualmente o vice-presidente da SADC, vai assumir a liderança da organização regional do presidente do Botwana, Seretse Khama Ian Khama.

A 35ª Cimeira de Chefes de Estado e de Governo realizada nos dias 17 e 18 de Agosto último, em Gaberone (Botswana), abordou, entre outros assuntos, a aceleração da industrialização das economias da região, através da transformação dos recursos naturais e humanos.

Integram a SADC, a África do Sul, Angola, Botsuana, República Democrática do Congo, Lesoto, Madagáscar, Malawi, Ilhas Maurícias, Moçambique, Namíbia, Swazilândia, Tanzânia, Zâmbia, Zimbabwe e Ilhas Seicheles. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA