João Lourenço a caminho da vice-presidência de Angola

(Negocios)

João Lourenço, actual ministro da Defesa, foi eleito esta terça-feira vice-presidente do MPLA, o que indicia que será o número dois do partido às eleições de 2017.

João Lourenço (na foto), ministro da Defesa de Angola, foi eleito esta terça-feira, 23 de Agosto, vice-presidente do MPLA, sendo que a presidência é ocupada por José Eduardo dos Santos.

Este facto indicia que João Lourenço deverá ser o número dois da lista deste partido às eleições de 2017. Caso o MPLA vença este acto eleitoral, o ainda ministro da Defesa será o futuro vice-presidente de Angola, substituindo no lugar Manuel Vicente.

Por sua vez, José Eduardo dos Santos, que já disse querer abandonar a vida política activa em 2018, deverá encabeçar a lista do MPLA a estas eleições, o que significa que concorrerá de novo à presidência do país. Se Eduardo dos Santos mantiver a promessa, a consequência natural será João Lourenço assumir a liderança de Angola nesse ano.

Depois desta eleição, João Lourenço, que foi presidente da Assembleia Nacional entre 2008 e 2014, até ter sido nomeado para o Governo, deverá abandonar o cargo de ministro da Defesa, avança o site angolano Novo Jornal.

A reunião do comité central do MPLA, a primeira depois do sétimo congresso, serviu também para eleger Paulo Kassoma, que já foi primeiro-ministro, como secretário-geral do partido.

Em declarações à agência Angop, João Lourenço afirmou que a sua prioridade será auxiliar o líder do partido, José Eduardo dos Santos, a preparar a máquina partidária para fazer face aos desafios eleitorais. “Os militantes podem contar em mim como colaborar do líder do partido, para as grandes responsabilidades que ele tem até à realização das eleições”, declarou citado por aquela agência. (Negocios)

por Celso Filipe

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA