Japão aumentará letalidade de seus jactos F-15 em meio a tensões com a China

( AFP 2016/ Kazuhiro NOGI)

Preparando-se para anunciar um orçamento militar recorde de 51,7 biliões de dólares, o Japão planeia duplicar o número de armamentos nos seus caças F-15 a fim de intimidar a vizinha China.

O orçamento para o ano fiscal de 2017, que termina em março de 2018, inclui uma série de medidas caras para aumentar significativamente a capacidade militar do país em meio a tensões com os chineses na região. Entre outras coisas, o Japão deve aumentar para 16 o número de mísseis ar-ar em cada um dos seus 200 F-15 e aumentar o tempo de vida dos aviões com um grande programa de modernização.

O programa militar proposto, que deverá entrar em vigor ainda neste mês, inclui supostamente também a compra de uma quantidade não revelada de jatos Lockheed Martin F-35 e o desenvolvimento de drones, planeados para entrar em operação somente em 2037. (SPUTNIK)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA