Huíla: Construção de silos nas prioridades do empresariado de Quipungo

silos de conservação de cereais (Foto: Inácio Sabino)

A criação de silos para conservação de cereais a nível do município de Quipungo constitui, para os próximos anos, um dos objectivos da classe empresarial daquela municipalidade, informou o presidente do Núcleo da AAPCIL de Quipungo, Fernando Simões.

Em declarações hoje à Angop, a propósito da sua participação Expo-Huíla, o responsável explicou que o foco da classe empresarial é mesmo a aposta na produção de cereais e estão a trabalhar na linha de escoamento, porquanto esperam ter parcerias com empresários.

Relativamente à participação do município na exposição, disser ter sido exitosa, porque houve um aumento do volume de negócios realizados e uma maior interacção com feirantes e outros expositores, também permitiu mostrar as potencialidades turísticas da municipalidade.

Afirmou que foram igualmente feitos contactos importantes para a comercialização do milho, massango, massambala, feijão, a cebola, o alho, a batata-doce e abóbora, produtos cultivados em grandes quantidades no município.

Disse que o município dispõe de infra-estruturas de apoio à actividade agrícola, como barragens e canais de irrigação para o cultivo de horticulturas, no Chicungo, no Sendi e na sede, mas algumas necessitam de reabilitação.

Disse que a nível do município, a AAPCIL controla 360 associados ao nível do município de Quipungo, que investem mais nas áreas rurais. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA