Huambo: ENDE com dificuldades para combater ligações anárquicas

ENDE (DR)

O director da Empresa Nacional de Distribuição de Electricidade (ENDE) na província do Huambo, Noé Mota Chitato, admitiu quinta-feira debater-se com dificuldades para combater as ligações anárquicas na rede de distribuição.

O responsável explicou, em declarações à imprensa, que muitas destas ligações são feitas por cidadãos legais, em solidariedade aos seus vizinhos que ainda não estão a beneficiar do consumo de energia eléctrica.

Disse que esta prática é muito comum nas zonas peri-urbanas, estando na base da danificação dos sistemas de fornecimento, deixando muitas zonas às escuras.

Na ocasião, o director da ENDE afirmou que as ligações anárquicas na rede de distribuição de energia eléctrica têm também causado sobrecarga aos postos de transformação.

Infelizmente, referiu Noé Mota Chitato, as comissões de moradores, que por sinal estão mais presentes em relação aos técnicos da ENDE, não aparecem para reagir no momento dessas ligações, querendo apenas reclamar quando as suas zonas ficam privadas de energia eléctrica.

Por isso, instou os cidadãos no sentido de denunciarem práticas de sabotagem na rede de distribuição de energia eléctrica e, ao mesmo tempo, se cadastrarem no sistema pré-pago, visando o consumo racional do produto. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA