Grécia: Militares turcos que pediram asilo começaram a ser ouvidos

(EURONEWS)

Começaram a ser ouvidos, sobre o pedido de asilo, os soldados turcos que voaram, sem autorização, num helicóptero desviado da Turquia, logo a seguir à tentativa de golpe de Estado.

Esta sexta-feira foi ouvido o primeiro de oito. Os outros continuarão a ser ouvidos na segunda-feira, um processo que se espera dure até ao próximo dia 30.

Os militares pretendem evitar a extradição:

“Estamos prontos para fazer o humanamente possível e legalmente fazível, de forma diligente, para evitar a extradição para a Turquia destas oito pessoas inocentes. E tenho a certeza que vamos conseguir”, afirmou a advogada de defesa, Stavroula Tomara.

Os oito soldados foram detidos à chegada a Alexandroupoli, por terem entrada na Grécia sem autorização, e condenados a dois anos de prisão, com pena suspensa, por esta violação.

Atenas já recebeu, de Ancara, o pedido para a sua extradição. A Turquia suspeita que os militares tenham participado na tentativa de golpe de Estado, algo que os mesmos negam. (EURONEWS)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA