Forças líbias avançam em Sirte enquanto EUA voltam a bombardear Estado Islâmico

(EURONEWS)

As forças governamentais reclamam progressos na reconquista de Sirte, principal bastião dos extremistas do Estado Islâmico na Líbia.

Os Estados Unidos realizaram, pelo segundo dia consecutivo, raides aéreos contra posições dos “jihadistas” na cidade, a pedido do governo de união nacional. Bengazi, onde se encontra o executivo reconhecido pelo Ocidente, foi palco esta terça-feira de um atentado suicida que visou militares e que se saldou em 18 mortos.

Barack Obama justificou o apoio aéreo às forças líbias, afirmando que se trata de uma questão da própria “segurança nacional” dos Estados Unidos e que não se deve deixar que o Estado Islâmico “se torne forte” na Líbia.

Nos últimos meses, Washington já tinha ordenado vários bombardeamentos pontuais contra posições do grupo “jihadista” noutros pontos do país. (EURONEWS)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA