Ler Agora:
Farage: Grã-Bretanha era proibida de escolher seus aliados enquanto estava na UE
Artigo completo 1 minutos de leitura

Farage: Grã-Bretanha era proibida de escolher seus aliados enquanto estava na UE

Quando a Grã-Bretanha fazia parte da UE, o país era impedido de escolher de modo autónomo os seus aliados. Os líderes políticos do país justificavam isso com a necessidade de uma aliança com a Europa para promoção do comércio, disse o ex-líder do Partido de Independência do Reino Unido (UKIP), Nigel Farage, em entrevista à emissora RT.

“Quase todas as nossas leis eram aprovadas em algum lugar fora do país, as fronteiras acabaram sendo escancaradas e ficamos proibidos de escolher de modo autónomo os nossos amigos no mundo”, disse Farage, destacando que muitos líderes britânicos mentiram à população por décadas.

“Penso que, no fim das contas, como já é tradicional entre os ingleses, chegaremos a um certo compromisso. No entanto, de maneira geral, as nossas exigências serão satisfeitas”, confidenciou o político.

O líder do UKIP, que também é deputado do Parlamento Europeu pela Grã-Bretanha, declarou sua renúncia em 4 de Julho. Ele motivou a renúncia com o fato de já ter atingido o seu objectivo, que era a saída da Grã-Bretanha da UE. (SPUTNIK)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos com são obrigatórios *

Input your search keywords and press Enter.
Translate »