FAO disponibiliza quantia para formação dos pescadores

representa da FAO Mamoudou Diallo (Foto: Lucas Neto)

Oitocentos mil dólares norte-americanos é o valor que o Fundo das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO) prevê disponibilizar para a colheita de dados, difusão de boas práticas e formação dos pescadores, adiantou hoje, segunda-feira, em Luanda, o representa da FAO Mamoudou Diallo.

Em declarações à imprensa, na abertura do seminário sobre “Formação de formadores para a recolha de informação estatística de Pesca artesanal”, sublinhou que para esta formação específica rondam os cem mil dólares, mas o orçamento geral é de oitocentos mil dólares para a colheita de dados, difusão de boas práticas e formação dos pescadores.

Frisou que a formação é destinada aos formadores para a colheita de dados, o reforço da capacidade do Centro de Gestão da Pesca ao nível marítimo e a difusão de boas práticas.

“É a fase preparatória do Centro Nacional Agrícola que abranger a pesca, floresta, agricultura e a FAO como parceiro do Executivo. Estamos a trabalhar em dois sob sectores ligados ao sector rural. Essa formação é fundamental, ressaltamos aqui que a formação está a ser realizada por consultores angolanos que foram capacitados pela FAO e que será reforçado nos próximos dias por consultores internacionais”, disse.

Acresceu que a formação serve para reforçar a capacidade da colheita dos dados para avaliar a contribuição do sector das pescas na economia nacional, na diversificação da economia, bem como preparar a fase do Censo agro-pecuária nacional, cuja data de realização ainda não foi anunciada.

O seminário sobre “Formação de formadores para a recolha de informação estatística de Pesca artesanal” está a ser realizado pelo Ministério das Pescas em parceria com o Fundo das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO), com financiamento do Banco Africano de Desenvolvimento.

O evento com duração de seis dias tem como objectivo ilustrar os métodos de amostragem para melhorar a recolha de dados de rotina que podem fornecer a precisão desejada na avaliação, com custos financeiros reduzidos, tendo em vista alcançar o grau fiabilidade dos dados recolhidos. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA