EUA saúdam possível cooperação entre Rússia e Turquia contra EI

(AFP)

Os Estados Unidos saudaram nesta quinta-feira uma possível cooperação entre a Rússia e a Turquia para combater extremistas na Síria, após uma proposta neste sentido apresentada por Ancara a Moscovo e apesar de os dois países apoiarem lados opostos.

“Mantemos um contacto estreito com nossos aliados turcos” na luta contra o grupo Estado Islâmico, disse a porta-voz do Departamento de Estado, Elizabeth Trudeau.

Os esforços contra o grupo extremista são “uma prioridade para todos nós. Se isto significa realmente um passo nesta direcção, damos as boas vindas”, acrescentou.

Ainda não está claro como se concretizaria esta cooperação. Moscovo é aliado do presidente sírio, Bashar al-Assad, enquanto Ancara apoia os grupos rebeldes que buscam desalojá-lo do poder, em meio a uma sangrenta guerra civil.

No entanto, as relações da Rússia e da Turquia melhoraram depois da tentativa fracassada de golpe de Estado no mês passado contra o presidente Recep Tayyip Erdogan, que provocou a irritação de parte do governo turco com os Estados Unidos e outros países ocidentais por considerar que lhe deram pouco apoio.

Esta semana, Erdogan visitou o presidente russo, Vladimir Putin, em Moscovo.

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA