“Eu não pagaria um centavo pela minha sogra”, diz chefão da F-1

De acordo com o "Daily Mail", os criminosos chegaram a ameaçar os familiares por e-mail dizendo que decapitariam a cabeça da vítima caso o resgate não fosse pago, cerca de R$ 117 milhões de reais. "Eu nunca pagaria um centavo”, disse Ecclestone, para depois brincar: “Todos os meus amigos sabem que eu não pagaria um centavo pela minha sogra”. Segundo informações do Extra, Aparecida foi libertada de um cativeiro no município de Cotia, na Grande São Paulo, no dia 28 de julho, depois que policiais da Divisão Antissequestro (DAS) do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoas (DHPP) invadiram o local. (DR)

Aparecida foi libertada de um cativeiro no município de Cotia, na Grande São Paulo, no dia 28 de julho.

O chefão da Fórmula-1, Bernie Ecclestone, contou detalhes sobre o sequestro da sogra Aparecida Palmeira, mãe da brasileira Fabiana Flosi, 38, com quem o bilionário é casado.

De acordo com o “Daily Mail”, os criminosos chegaram a ameaçar os familiares por e-mail dizendo que decapitariam a cabeça da vítima caso o resgate não fosse pago, cerca de R$ 117 milhões de reais.

“Eu nunca pagaria um centavo”, disse Ecclestone, para depois brincar: “Todos os meus amigos sabem que eu não pagaria um centavo pela minha sogra”.

Segundo informações do Extra, Aparecida foi libertada de um cativeiro no município de Cotia, na Grande São Paulo, no dia 28 de julho, depois que policiais da Divisão Antissequestro (DAS) do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoas (DHPP) invadiram o local. (Noticias ao Minuto Dr)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA