Estónia: Parlamento não consegue eleger o presidente depois de três votações

(Euronews)

Foi adiada para setembro a escolha do novo presidente da Estónia.

Pela terceira vez, nem o antigo primeiro-ministro e comissário europeu, Siim Kallas, nem a candidata do Partido do Centro, Mailis Reps, conseguiram assegurar os 68 votos necessários, no Parlamento, para conseguirem ser eleitos.

O chefe de Estado da república do Báltico será, assim, designado por um colégio eleitoral especial, no final de setembro. (Euronews)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA