Desporto adaptado:Discursos optimistas marcam gala de despedida dos paralímpicos

Campeonato Nacional do Desporto Adaptado (Foto: Cedida a Angop)

A gala de despedida da comitiva angolana aos Jogos paralímpicos do Rio de Janeiro, Brasil, competição a decorrer de 07 a 18 de Setembro próximo, ficou marcada com discursos optimistas e encorajadores.

A cerimonia singela, mas de grande significado, decorreu no Palmeiras Club e contou com o grupo completo de atletas, equipa técnica e membros da missão, acto testemunhado pelo ministro dos Petróleos Botelho de Vasconcelos, a secretária de Estado para Assistência Social, Maria da Luz Magalhães, bem como dos responsáveis máximos da BP Angola e Multichoice Angola, parceiros do Comité Paralímpico Angolano(CPA).

Nas várias intervenções ficou patente que existe um grande optimismo por parte do CPA e parceiros, na boa prestação dos atletas que mais uma vez vão representar o país, na maior cimeira do desporto para pessoas portadoras de deficiência.

A segunda e última parte da cerimónia, ficou marcada com a assinatura e sessão de autógrafos da obra do atleta José Armando Sayovo intitulada “O Céu pode Esperar”.

A selecção nacional esteve em Cabo Verde a cumprir um estágio pré-competitivo e regressou na passada segunda-feira, dado sequência na preparação em Luanda e dia 21 do corrente segue para a cidade brasileira de São Paulo para cumprir a derradeira e última etapa do seu estágio pré-competitivo. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA