Daesh perde peça-chave na Síria

(Euronews)

O grupo terrorista Estado Islâmico confirmou a morte do porta-voz, Abu Muhammad al-Adnani, uma das figuras mais conhecidas da organização.

Al-Adnani foi morto perto de Alepo, na Síria, enquanto supervisionava as operações para defender a presença do grupo na região, segundo informou um site considerado próximo do Daesh.

As autoridades norte-americanas confirmaram que foi um ataque aéreo dos Estados Unidos a matar o líder islamita, mas não especificaram se era ele o alvo do ataque.

Além de porta-voz do grupo radical, al-Adnani, cujo verdadeiro nome era Taha Sobhi Falaha, era considerado o número dois do Daesh, responsável por vários apelos à “jihad” no mundo ocidental. Terá também sido ele o orquestrador de vários ataques na Europa. Tinha nacionalidade síria. (Euronews)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA