Cuanza Norte: Dom Filomeno Vieira Dias apela à unidade e amor ao próximo

Cuanza Norte: Arcebispo de Luanda, don Filomeno Vieira Dias (Foto: Diniz Simão)

O arcebispo da arquidiocese de Luanda, dom Filomeno Vieira Dias, apelou domingo, na vila de Massangano, 30 quilómetros do Dondo, município de Cambambe, província do Cuanza Norte, aos cristãos a primarem a sua convivência na unidade e amor ao próximo.

O prelado fez a exortação na sua homília durante o encerramento da VII peregrinação ao Santuário da Nossa Senhora das Victórias de Massangano, lembrando que para seguir Cristo é preciso ter o espírito de unidade e de amor ao próximo.

“O verdadeiro cristão deve amar o seu próximo como Cristo nos amou”, disse o prelado, solicitando aos fiéis a reforçarem as orações com vista ao alcance da unidade cristã.

Dom Filomeno Vieira Dias instou os angolanos a serem mais solidários, apesar das dificuldades económicas que o país atravessa na actualidade.

Segundo o líder religioso, Deus é amor e os cristãos como seus filhos têm de seguir o seu exemplo e, isso passa em serem solidários e praticarem o amor no verdadeiro sentido da palavra.

Para si, só com a solidariedade e amor ao próximo o povo angolano conseguirá ultrapassar as actuais dificuldades que o país enfrenta.

Pelo menos seis mil fiéis católicos de várias dioceses e paróquias do país participaram na peregrinação ao Santuário da Nossa Senhora das Vitórias, que decorreu sob o lema “Misericordiosos como o pai”.

O evento foi marcado por diversas actividades, com realce para rezas de terço, orações, confissões, procissão de velas e vigílias visando, entre outros objectivos, a exaltação e renovação da fé em Cristo.

Durante o certame foram ainda abordados os temas “Família e reconciliação no ano da misericórdia”, “A bíblia na vida do cristão”, bem como “Maria modelo de fé e de oração para as famílias”.

O culto de encerramento foi presenciado pelo governador provincial do Cuanza Norte em exercício, Simão Pereira Inglês, membros da administração municipal de Cambambe e convidados. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA