Campanha eleitoral termina em São Tomé e Príncipe

Evaristo Carvalho, vice-presidente da ADI e candidato presidencial em São Tomé e Príncipe (VOA)

Termina hoje a campanha eleitoral para a segunda volta das eleições presidenciais em São Tome e Príncipe, até agora sem qualquer incidente, apesar do clima de tensão política.

O único candidato na corrida, Evaristo Carvalho, apoiado pelo partido no poder, ADI, realizou, esta tarde, um desfile por algumas localidades do distrito da capital para pedir votos.

Evaristo Carvalho reafirmou também o seu compromisso de estabilidade política e governativa em São Tome e Príncipe.

O único candidato na corrida a segunda volta das presidenciais, depois da desistência de Manuel Pinto da Costa já não tem duvida que será o próximo presidente do arquipélago.

Ele apelou para que os são-tomenses votem em massa no domingo, dia das eleições.

Tal como na primeira volta, a Comissão Eleitoral Nacional já confirmou a presença de observadores internacionais.

Recorde-se que os partidos políticos da oposição retiraram os seus representantes da Comissão Eleitoral Nacional.

O presidente daquele órgão esclareceu que este expediente político só pode ser feito via Assembleia Nacional e mediante a substituição dessas figuras empossadas no parlamento como membros da CEN e nunca através de uma carta enviada ao presidente da Comissão Eleitoral Nacional. (VOA)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA