Câmara de Comércio defende investimento

Vista parcial da cidade de Ondjiva. (Foto: Angop)

Sector agro-pecuário é visto como fundamental para acelerar o processo de diversificação em curso.

O presidente da Câmara de Comércio e Indústria na província do Cunene, Francisco Sallú, defendeu, em Ondjiva, mais investimento na agricultura e pecuária, com vista a impulsionar o aumento da produção alimentar e da carne na região.

Em declarações à Angop, sobre o processo de diversificação da economia, Francisco Sallú disse que deve-se reforçar com urgência os investimentos nos dois sectores considerados chaves para impulsionar a economia nacional.

Explicou que o Cunene do ponto de vista agro-pecuário é forte, tem bons solos para a prática da agricultura e um elevado efectivo de gado a rondar em um milhão de animais, e que os empresários precisam de mais apoios para a melhoria dos níveis de produção em grande escala.

“Os financiamentos devem ser direccionados aos empresários com capacidade e visão estratégicas de aplicar os valores que recebem dos bancos, nos projectos que elevam o crescimento da nossa economia e na criação de mais empregos para a população”, sublinhou.

O número um da Câmara de Comércio e Indústria na província do Cunene mostrou-se confiante com o discurso do presidente do MPLA no acto de abertura do VII congresso ordinário do partido sobre o reforço de apoios ao empresariado nacional, no sentido da classe investir em áreas que trazem benefícios para o país.

A Câmara de Comércio e Indústria controla, actualmente, 100 empresários ligados ao sector agro-pecuário, construção civil, prestação de serviços e outros. (jornaldeeconomia)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA