Bolsa de Lisboa abre em alta

(Miguel Baltazar/Negócios)

A bolsa de Lisboa abriu a sessão desta terça-feira, 23 de Agosto, em alta, num arranque influenciado pela EDP Renováveis e Jerónimo Martins.
A bolsa de Lisboa abriu a segunda sessão desta semana em alta de 0,2%, colocando, no arranque, o PSi 20 nos 4.715,38 pontos. Isto depois de ter fechado a sessão de segunda-feira também a subir, mas uns ligeiros 0,10%.

O verde é para já a cor dominante, depois das bolsas na China terem fechado também no positivo. Já no Japão, a sessão fechou com perdas. Na China, o CSI 300, que integra as maiores empresas cotadas em Xangai e Shenzhen, subiu 0,3%, enquanto o Shanghai Composite valorizou 0,2%. Já no Japão, o Nikkei fechou em queda de 0,61% e o Topix de 0,47%.

Em Lisboa, neste início de sessão, a EDP Renováveis e a Jerónimo Martins contribuem para a subida do índice. A EDP Renováveis arrancou a subir 0,5% para cotar nos sete euros, enquanto a retalhista subia 0,3% para os 14,825 euros. O BCP seguia, também, com uma subida acima do meio ponto percentual, para cotar nos 1,77 cêntimos.

No lado das quedas, a Nos caia 0,35%, para 5,758 euros, e a Sonae desvalorizava 0,28% para 0,721 euros.

Os preços do petróleo seguem em queda nos mercados internacionais, com o West Texas Intermediate, negociado em Nova Iorque, a cair mais de 1%, abaixo dos 47 dólares, enquanto o brent, em Londres, cai 0,8% para transaccionar nos 48,76 dólares por barril. Ainda assim, a Galp arrancou em alta de 0,27%.

Já os CTT, que estão sob suspeita de abuso de posição dominante por parte da Autoridade da Concorrência, o que poderá levar à aplicação de uma sanção pecuniária, arrancaram a sessão desta terça-feira a subir muito ligeiramente para os 6,9 euros, depois da desvalorização de segunda-feira de 0,4%. (Negocios)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA