Arranque da FACIM nos arredores de Maputo

(Logotipo da FACIM)

Desde hoje e até ao dia 4 de Setembro decorre em Marracuene, nas imediações da capital moçambicana, a 52ª edição da FACIM, Feira Internacional de Maputo, maior feira agro-pecuária, comercial e industrial do país que este ano reúne um pouco mais de duas mil empresas Moçambicanas e cerca de 600 estrangeiras provenientes de 33 países, sendo Portugal o país com o maior pavilhão.

Ainda antes do arranque do certame, o recinto da FACIM recebeu a visita ontem do ministro da Indústria e Comercio assim como o governador da província do Maputo, Raimundo Diomba, que no final da sua deslocação considerou que estavam criadas todas as condições para acomodar as delegações das províncias. No mesmo sentido, João Macaringue, presidente do Instituto para a Promoção das Exportações de Moçambique, entidade que organiza o evento, mostrou-se satisfeito e ao aludir ao contexto de crise que vive actualmente o país, preferiu adoptar um discurso optimista. Mais pormenores com a jornalista Ilauda Manala em serviço especial para a RFI. (RFI)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA