Paraguai: Morrem oito soldados em ataque com engenho explosivo perto da fronteira com o Brasil

(EURONEWS)

Pelo menos oito militares da força especializada no combate aos guerrilheiros do Exército do Povo Paraguaio, que atua no norte do país, morreram num ataque ainda não reivindicado quando uma bomba explodiu perto de um veículo em que circulavam.

Depois da explosão, os atacantes dispararam sobre os militares. Seis das vítimas morreram no momento e outras duas acabaram por falecer num hospital da região.

Os agentes patrulhavam uma zona rural do departamento de Concepción, perto da fronteira com o Brasil, no distrito de Horqueta.

O EPP diz-se comunista e tem mantido, segundo os meios paraguaios, relações próximas com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC).

Sem referir-se diretamente ao EPP, o exército paraguaio disse, num comunicado, que mantinha o compromisso de lutar contra “os terroristas até à sua eliminação total.”

O porta-voz da força especial de combate ao EPP disse à agência EFE que era “provável” que o atentado fosse da responsabilidade dos guerrilheiros. (EURONEWS)

com Efe, Reuters e ABC Color

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA