Amatrice despede-se com honras de Estado de 28 habitantes

(Euronews)

Foram a enterrar, esta terça-feira, com honras de Estado mais 28 vítimas do sismo que a 24 de agosto abalou o centro de Itália. Mais de três mil pessoas assistiram aos funerais solenes em Amatrice, uma localidade devastada pelo terramoto onde morreram 231 pessoas, das 292 confirmadas.

“Os terramotos existem desde a criação da terra quando os homens eram ainda um conglomerado de células. Os terramotos não matam, mas as obras do homem sim” refere Bispo de Rieti, Dom Domenico Pompili.

Em curso está já uma investigação para apurar responsabilidades. Isto porque muitos edifícios foram alvo de obras de reforço antissísmico e, ainda assim, desabaram.

A cerimónia que contou com a presença do chefe de Estado e do primeiro-ministro italianos decorreu em Amatrice depois de os sobreviventes terem protestado contra a ideia do Governo transferir os corpos para Rieti, capital da província.

Muitas famílias optaram por realizar uma cerimónia privada. (Euronews)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA