Vice-presidente realça determinação dos atletas na rota dos Jogos Olímpicos

Vice-presidente da República, Manuel Domingos Vicente (ao centro), com a comitiva que vai aos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro (Foto: Pedro Parente)

O imenso trabalho, esforço, determinação e abnegação dos atletas angolanos, com vista à sua participação nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiros foram hoje realçados, em Luanda, pelo vice-presidente da República, Manuel Domingos Vicente.

O vice-presidente, que representou o chefe de Estado, José Eduardo dos Santos, na cerimónia oficial de despedida da comitiva, sublinhou que o sacrifício, o esforço, a determinação, o “fair play” e a amizade constituem as âncoras e o espírito que devem nortear os atletas, manifestando-se certo de que estes tudo farão para dar o seu melhor.

“Sem pretender minimizar a importância da participação das demais modalidades, caberá fazer menção ao facto de, uma vez mais, as nossas campeãs africanas de andebol terem responsabilidades acrescidas, pois irão representar o país e o continente” afirmou Manuel Vicente.

O vice-presidente afirmou ser importante que os “bravos atletas” estejam conscientes de que ao ser portadores da bandeira e representantes do país estarão a dignificar e a enaltecer o nome da República de Angola em todo o mundo.

“Embuidos deste espírito certamente saberão dignificar o nosso grande país” confiou.

Manuel Vicente chamou atenção para o actual momento em que “a todos se exige maior contenção e melhor gestão” e aproveitou a oportunidade para apelar aos dirigentes desportivos que sejam um exemplo no concernente ao patriotismo e profissionlalismo.

De acordo com o vice-presidente da República, a participação de Angola nestas olimpíadas nunca foi posta em causa, não obstante as dificuldades que o país vive.

Depois de declarar que Angola gosta de honrar os seus compromissos, Manuel Vicente realçou a importância que o Executivo e, particularmente, o Presidente José Eduardo dos Santos, atribui ao desporto, daí a relevância e o lugar que o mesmo tem no país, no povo, bem como no continente.

Manuel Vicente fez menção às alegrias trazidas pelos atletas ao país, ao longo dos tempos, que regozijarm todos os angolanos e vincou a necessidade de se continuar a apostar na sua formação e dos técnicos desportivos.

O vice-presidente terminou o seu discurso desejando aos atletas e a toda a comitiva, em nome do Chefe de Estado angolano, uma boa viagem, acompanhados do espírito olímpico.

A comitiva é constituída por 53 elementos, entre eles 25 atletas.

Participarão nos jogos o andebol feminino, Judo (Antónia de Fátima “Faia”), Natação (Pedro Pinotes e Ana Nóbrega) Vela 470 (Matias Moutinho e Paixão Afonso), Tiro (Paulo Silva), Remo (André Matias/Jean Luc Rasamoelina), Atletismo (Hermenegildo Leite e Liliana Estefânia Neto).

Esta será a nona participação de Angola neste evento e a sua terceira delegação mais pequena em número de atletas. Em relação à edição anterior, houve uma redução de nove atletas e só supera as duas primeiras presenças.

Na estreia, em Moscovo1980 estiveram 11 atletas. Seguiu-se Seul1988, com 24, Barcelona1992 (28), Atlanta1996 (28), Sidney2000 (30), Atenas2004 (30), Pequim (32) e Londres2012 (34).

Os Jogos Olímpicos decorrem de 5 a 21 de Agosto, na cidade do Rio de Janeiro, no Brasil. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA