Uíge: Abertas festas da cidade do Uíge

Cidade do Uíge (Foto: Pedro Parente)

As comemorações dos 99 anos da elevação do Uíge à categoria de cidade foram abertas nesta sexta-feira, com a realização de um culto ecuménico que juntou cristãos de diversas igrejas sediadas na cidade, bem como membros do governo, representantes de partidos políticos com assento no parlamento, autoridades tradicionais e população em geral.

O culto, que decorreu na igreja Convenção Baptista, teve também por objectivo agradecer a Deus pelas graças e por todos os benifícios concedidos aos habitantes da cidade do Uíge, bem como suplicar a Deus para continuar a derramar bênçãos ao seu povo.

Os cristãos presentes pediram ainda a Deus o espírito de unidade, boa governação e trabalho para o contínuo desenvolvimento da região no quadro do programa da 20ª edição das festas da cidade do Uíge.

Durante uma missa de acção de graças, os cristãos exaltaram o poder de Deus que proporcionou a boa convivência social, paz e harmonia, bem como as aspirações de Deus por meio dos governantes, para trabalharem no sentido de privilegiarem o bem comum.

Falando no culto ecuménico, o reverendo Jacinto Henrique apelou a juventude a optar pela formação técnico-profissional, cultural, cívica e científica, de modo a garantirem o desenvolvimento da província e se combater o vandalismo, a delinquência juvenil, alcoolismo e fuga a paternidade, males que afectam a sociedade local.

Adiantou que a moral, como conjunto de regras sobre o bem e o mal, deve estar no centro das memórias de cada cidadão e saber discernir os valores culturais e históricos que desde o passado garantiram o melhoramento da vida humana.

Ao encerrar o culto ecuménico, o governador em exercício, Afonso Luviluco, encorajou a população da região no sentido de comparticipar nos programas do Governo e pedir a Deus que haja mais trabalho para melhor sustentabilidade das famílias. (ANGOP)

 

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA