Trudeau é primeiro primeiro-ministro canadiano a participar da parada gay de Toronto

O primeiro-ministro canadiano, Justin Trudeau (C), agita uma bandeira com folha de bordo, durante parada do orgulho gay de Toronto (afp_tickers)

Justin Trudeau fez história neste domingo ao se juntar a dezenas de milhares de pessoas na parada gay de Toronto, tornando-se o primeiro primeiro-ministro em exercício no país a participar do evento.

Uma chuva de aplausos recepcionou Trudeau, enquanto caminhava por uma das principais vias da cidade, agitando uma bandeira com uma folha de bordo, com as cores do arco-íris, marca registada do movimento LGBT, nas extremidades.

O jovem primeiro-ministro, que goza de imensa popularidade, vestia camisa salmão e calça jeans, tirou selfies e distribuiu apertos de mãos àqueles que se alinhavam ao longo do trajecto da parada.

A procissão colorida fez um minuto de silêncio em memória às vítimas do massacre de 12 de Junho em uma boate gay de Orlando (Florida, sudeste dos EUA), que deixou 49 mortos.

A cidade intensificou sua segurança, mas manteve medidas discretas para preservar o espírito festivo da celebração. A polícia de Toronto não divulgou um número oficial de participantes, mas os organizadores esperavam um milhão de pessoas.

Trudeau também participou do evento anual no ano passado como líder do Partido Liberal, quando então encabeçava a oposição ao governo do ex-presidente conservador Stephen Harper.

A primeira-ministra de Ontário – a primeira chefe executiva de uma província canadiana abertamente gay – e o prefeito de Toronto, John Tory, também se juntaram a Trudeau na marcha.

Os três políticos participaram de um culto religioso a céu aberto na manhã deste domingo no distrito gay da cidade. (AFP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA