Temer pede maiores esforços para ajudar brasileiros em Nice

Um grupo de pessoas se reúna perto de flores depositadas em um memorial improvisado em homenagem às vítimas do atentado no Passeio dos Ingleses, em Nice, sudeste da França (afp_tickers)

O presidente interino, Michel Temer, pediu ao ministério das Relações Exteriores para “redobrar os esforços” para auxiliar os brasileiros atingidos no atentado em Nice (sudeste da França).

“Todos os meios do governo federal serão colocados à disposição das famílias em busca de informações e para atender suas eventuais demandas por auxílio neste momento”, destacou a Presidência em um comunicado, divulgado neste domingo.

A menina suíça está entre as 84 vítimas fatais do atentado, praticado por um tunisiano que lançou um caminhão contra a multidão que celebrava em Nice a festa do 14 de julho.

A mãe da menina, Elizabeth Ribeiro, uma brasileira radicada na Suíça, que estava desaparecida, teve a morte confirmada, segundo a imprensa no Brasil.

O pai da criança, um suíço, e os outros dois filhos do casal estão hospitalizados, “em estado de choque”, informou a comuna suíça de Yverdon-les-Bains, onde a família vive.

Dois brasileiros permanecem desaparecidos, mas o Ministério das Relações acredita que sejam pessoas que simplesmente não avisaram os familiares que estão a salvo, e não possíveis vítimas.

Ao menos outros dois brasileiros ficaram feridos no ataque, cometido pelo tunisiano identificado como Mohamed Lahouaiej-Bouhlel, e reivindicado pelo grupo extremista Estado Islâmico (EI). (AFP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA